Sobre o PTV Paraná

O Parque Tecnológico Virtual (PTV PARANÁ) é o resultado da integração dos ativos de inovação tecnológica e empresas de base tecnológica do Estado do Paraná em uma plataforma virtual (gestão, interação e inteligência competitiva) desenvolvida para promover a cooperação entre empresas, governo, academia e entidades de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Objetivos

  • Apoiar e fortalecer os Parques e Incubadoras Tecnológicas existentes ou que vierem a ser implantados nas diversas regiões do Estado;
  • Promover a atração, desenvolvimento e fixação de empresas de base tecnológica em uma plataforma de apoio integrado, em qualquer dos municípios do Estado;
  • Sistematizar a organização de empresas inovadoras de base tecnológica nas diversas regiões do Paraná, oriundas de incubadoras tecnológicas, parques tecnológicos ou outras interessadas, com base em credenciamento;
  • Integrar as ações das esferas de governo federal, estadual e municipal visando à promoção do desenvolvimento sustentável, com base nas empresas de base tecnológica no Estado;
  • Utilizar os principais ativos tecnológicos para o pleno funcionamento do “PTV PARANÁ”;
  • Integrar instituições âncora com os demais participantes do Parque, de acordo com a demanda;
  • Instituir os núcleos de excelência junto aos Polos de Desenvolvimento Tecnológico;
  • Implantar o modelo de atuação do “PTV PARANÁ”, levando em consideração processos sistemáticos de monitoramento e avaliação das suas atividades/ações, visando a melhorias na oferta e demanda de serviços tecnológicos, inteligência competitiva e também para a Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I).

Benefícios

Empresas

  • Disponibilização de serviços credenciados
  • Autoavaliação do grau de maturidade da empresa para inovação
  • Acompanhamento sistemático de projetos subvencionados
  • Melhoria da competitividade

Núcleo de Inovação Tecnológica, Incubadoras e Parques

  • Modelo de prospecção de demandas
  • Aumento do número de clientes
  • Interação entre os gestores
  • Atuação regional integrada

Prestadores de serviço

  • Acesso ao cliente de uma sistematizada
  • Avaliação do serviço
  • Validação da qualidade dos serviços

Público alvo

Universidades, empresas de base tecnológica, incubadoras de empresas de base tecnológica, parques tecnológicos, centros de promoção de empreendedorismo, núcleos de inovação tecnológica das instituições científicas e tecnológicas, serviços técnicos especializados, laboratórios tecnológicos, instituições científicas e tecnológicas, núcleos de excelência.

Atuação Descentralizada

  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico da Região Metropolitana de Curitiba, com base em Curitiba;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Norte do Paraná, com base em Londrina;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Noroeste do Paraná, com base em Maringá;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico de Campos Gerais, com base em Ponta Grossa;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Oeste  do Paraná, com base em Cascavel;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico do  Sudoeste do Paraná, com base em Francisco Beltrão;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Centro do Paraná, com base em Guarapuava;
  • Polo de Desenvolvimento Tecnológico do Norte Pioneiro do Paraná, com base em Jacarezinho.

 
Governança

Será realizada por meio de um Comitê Gestor, uma Secretaria Executiva, um Núcleo Administrativo e no âmbito de atuação dos Polos de Desenvolvimentos Tecnológicos serão formados Comitês Regionais, com apoio operacional de Instituições Âncora.

Plataforma

É um modelo de integração em que cada agente tem uma atuação autônoma, submetida a regras de interação, que possibilita a aceleração dos negócios das empresas de base tecnológica.

Agentes da plataforma

  • Instituições Âncora (Parques, Incubadoras, NITs);
  • Empresas de base tecnológica;
  • Prestadores de serviços.

secretaria-da-ciencia-tecnologia-e-ensino-superior
img-novidade-sem-jpg